quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Loco Abreu perde pênalti decisivo, e Fluminense vai à final contra o Vasco


Botafogo cedeu empate e acabou superado
 nos pênaltis pelo arquirrival
Foto: Daniel Ramalho/Especial para Terra
Em outra semifinal de muita emoção, no Engenhão, o Fluminense superou o Botafogo apenas nos pênaltis e fará a final da Taça Guanabara contra o Vasco, domingo, no mesmo palco. Coube ao ídolo alvinegro Loco Abreu o papel de vilão, após empate em 1 a 1 no tempo normal. O uruguaio, a exemplo de Lucas, parou nas mãos de Diego Cavalieri na última cobrança e a disputa acabou 4 a 3. Os gols do Clássico Vovô, muito equilibrado, foram de Elkeson e Leandro Euzébio.

O resultado não acaba com o jejum de vitórias do clube das Laranjeiras, mas pelo menos deixa para trás a marca de empacar nas semifinais. Nas últimas quatro vezes, não passou em nenhuma delas. Já o Alvinegro, único grande carioca fora da Libertadores, amarga sua segunda Taça Guanabara direta sem êxito e terá de correr atrás do prejuízo no segundo turno.

Equilíbrio e muitos erros

Com esquemas semelhantes, era de se esperar que as jogadas já não fossem muito distintas. O primeiro tempo se baseou em velocidade pelas pontas, quase sempre terminando em cruzamento. A bola aérea, no entanto, não estava nada afiada em ambos os lados. Isso se deveu, claro, ao desempenho apagado das duas estrelas ofensivas: Fred, vigiado de perto por Antônio Carlos, e Loco Abreu, sumidão, mas que eventualmente via Leandro Euzébio como sombra.

O ritmo do clássico foi frenético e pegado no começo, mas, diferententemente, da semifinal de quarta-feira, entre Vasco e Flamengo, a qualidade técnica decepcionou. O erro no último passe prevaleceu e brecava a empolgação. Participativos, Elkeson e Thiago Neves armaram boas tentativas, com dribles importantes no meio, mas não conseguiram dar sequência nas tabelas.





MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: