terça-feira, 18 de outubro de 2011

Jumentos causam riscos aos condutores da CE-060 entre Quixadá a Quixeramobim



Reportagem do portal Revista Central flagra quatro jumentos no meio da via.

Jumentos soltos na rodovia do Algodão entre os municípios de Quixadá a Quixeramobim, no Sertão Central cearense, oferecem riscos aos motoristas. Abandono de jumentos é uma das principais causas e muitos acidentes têm acontecido neste trecho.

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) garante que constantemente tem realizado apreensão de animais, mas que os proprietários existem em colocar todo os tipos de animais nas rodovias, 95% são jumentos. De acordo com A PRE pior trecho é compreendido entre Quixadá e Iguatu.

O fazendeiro Luiz Fernandes de Araújo, 65 anos, também reclama, afirma que com a falta de fiscalização, os animais invadem as propriedades e comem todo o pasto e ninguém aparece para pagar os prejuízos. Já o vendedor Raimundo Andrade de Balbino, 36 anos, afirma que sempre passa pelo trecho entre os dois municípios, “principalmente a noite o perigo aumenta, visto que eles entrar na pista correndo”.

O Detran não possui dados específicos sobre acidentes causados por animais em estradas. A malha viária das rodovias estaduais é de cerca de 10 mil quilômetros. Já nos 1,8 mil quilômetros de estradas federais a retirada compete à PRF. A corporação detalha que, em 2009, já houve o recolhimento de 2.774 animais. O prazo para o dono resgatar o animal na fazenda é de 10 dias.

Fique por dentro do Wikipedia.

O asno ou burro (Equus africanus asinus), também chamado jumento, jegue, jerico ou asno-doméstico é um mamífero perissodáctilo de tamanho médio, focinho e orelhas compridas, utilizado desde tempos pré-históricos como animal de carga. Os ancestrais selvagens dos asnos foram domesticados por volta de 5 000 a.C., praticamente ao mesmo tempo que os cavalos, e desde então tem sido utilizados pelos homens como animais de carga e montaria.

No Brasil, o termo "burro" pode designar não a espécie Equus africanus asinus, mas o cruzamento entre essa espécie e a Equus ferus caballus (cavalo) quando resulta num animal de gênero macho, aquilo que em Portugal se designa como "macho"; quando esse mesmo cruzamento resulta num espécime fêmea, é designado como "mula".

Os asnos se classificam dentro da ordem dos Perissodáctilos, e à família Equidae, à qual também pertencem os cavalos, pertencendo ambos a um único gênero, os Equídeos (Equus).

Jackson Perigoso
Reportagem
Chico Javali
Foto




MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: