segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Mulheres em Brasília discutem igualdade na política e na sociedade




Foto Reprodução

Cerca de 90 mulheres de 24 estados brasileiros estão reunidas em Brasília para discutir a implementação de políticas públicas que visem à igualdade de gênero. Para isso, elas querem que o Plano Plurianual de Investimentos (PPA) contemple recursos para diversos segmentos, com foco na democratização da gestão pública voltada para questões feministas.

A representante de Brasília no encontro, Guacira César de Oliveira, acredita que os avanços aspirados pelas participantes podem ser obtidos por meio do Plano de Políticas para as Mulheres, proposto pelo governo federal.

O grupo vai se encontrar amanhã (13), às 17h30, com a bancada feminina da Câmara dos Deputados.

Em seguida, encontram-se com integrantes da Comissão Mista do Orçamento. Guacira César de Oliveira destaca que as mulheres querem proporção mais equilibrada da sua representação no processo político, o que pode ficar previsto na reforma política. Segundo ela, a destinação de mais recursos para uma série de setores poderá resultar em maior proteção para a mulher, como na área da segurança pública.

De acordo com Guacira, desde 1995 "aumentou consideravelmente no país o número de assassinatos de mulheres". Apesar da sanção em 2006 da Lei Maria da Penha, que estabelece penas mais rigorosas para os autores de violência contra a mulher, "o quadro que estava desenhado não teve regressão significativa", segundo ela.

A democratização da participação da mulher na política e nas decisões da sociedade, de acordo com Guacira César de Oliveira, só pode ocorrer "com uma mudança ampla de mentalidade, que passa até mesmo pela formação de recursos humanos em diversos setores assistenciais”.

Durante o encontro que começou ontem (11) em Brasília, estão sendo debatidas propostas para serem discutidas na Conferência Nacional das Mulheres, que deve ocorrer entre os dias 12 e 15 de dezembro.

Até lá, estão previstos seminários municipais que também vão trazer sua contribuição.










Matéria Extraída do Blog Nem Ki Lask


MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: