terça-feira, 6 de setembro de 2011

Empresa de Quixada vai ter que pagar indenizacao a vitimas de acidente de transito



A Quixadá Alimentos Avícolas Ltda. (Quiave) terá que pagar indenização por danos morais no valor de R$ 304 mil a F.G.F. e M.S.P.G., que perderam parentes em acidente fatal envolvendo veículo da empresa. A decisão é da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ/Ce).

Conforme os autos, em julho de 2002, um caminhão da Quiave colidiu com um veículo que trafegava em sentido contrário na rodovia CE-060.

O acidente levou a óbito o filho e a esposa de F.G.F., além do esposo de M.S.P.G.

Em fevereiro de 2008, o Juízo da 2ª Vara da Comarca de Acopiara determinou que a Quiave indenizasse F.G.F. e M.S.P.G. em R$ 304 mil. A empresa foi condenada ainda a pagar salário mínimo vitalício a F.G.F e a quantia de R$ 7 mil, a título de reparação material, a F.G.O., proprietário do carro.

Objetivando reformar a sentença, a Quiave ingressou com apelação (nº 400-17.2002.8.06.0029/1) no TJ/Ce, sustentando que a culpa pelo acidente foi do motorista do carro e não do funcionário da empresa.

Ao analisar o caso, na última 4a.feira (31/08), o relator do processo, desembargador Francisco Auricélio Pontes, destacou depoimento de testemunha, que teria visto o caminhão invadir e ultrapassar a faixa central da pista.

Ainda segundo o desembargador, o fato de o veículo de passeio transitar próximo à faixa central, como consta no laudo pericial, não descaracteriza a responsabilidade do motorista da empresa como causador do acidente.

Fonte: TJ/Ceará





MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: