quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Prefeitura de Quixadá adquire gaiolas de pesca após denúncia de desvio



Equipamento foi exibido em desfile à população de Quixadá nesta terça (23).Oposição na Câmara segue tentando instalar CPI para apurar o caso.

André Teixeira
Do G1 CE

Após denúncia de suposto esquema de desvio de dinheiro na cidade de Quixadá, Sertão Central do Ceará, a prefeitura adquiriu gaiolas para projetos de psicultura pagas em 2006. Segudo o Portal da Transparência, o ex-prefeito de Quixadá Ilário Marques (PT), assinou convênio no valor de R$ 151.200,00 e mais R$ 112 mil para gastos com assistência técnica. Na segunda-feira (22), Ilário havia dito ao G1 que a empresa vencedora da licitação era depositária dos equipamentos e que iria ceder o material à prefeitura quando tivesse a outorga ambiental para instalar as gaiolas.

As gaiolas não haviam sido adquirida até a denúncia divulgada no G1. O equipamento foi adquirido nesta terça-feira (23) com direito a desfile para mostrar as gaiolas à população da cidade. De acordo com o vereador de oposição Wellington Queiroz (PSDB), que pede uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o caso, as gaiolas foram estocadas no depósito da prefeitura e devem ser distribuídas em breve.

“Já chegaram as gaiolas que estavam previstas no projeto. A comunidade (que deve ser beneficiada com o equipamento) está muito feliz com a denúncia que fez eles comprarem as gaiolas”, diz o vereador Wellington Queiroz.

O G1 tentou entrar em contato com a Prefeitura de Quixadá. No gabinete do prefeito, Rômulo Carneiro (PT), foi informado que só o prefeito se pronuncia sobre o caso e que ele está viajando, por isso não pôde atender as ligações.

Tentativa de instalar CPI permanece

O vereador Queiroz diz que, apesar da aquisição do equipamento, a suspeita de desvio de verba permanece entre a oposição na Câmara de Quixadá. Na segunda-feira (22), Queiroz e outros dois vereadores tucanos, Pedro Baquit e César Augusto, estiveram em Fortaleza para apresentar denúncias ao Ministério Público do Estado do Ceará a respeito do caso.

A Câmara, composto por 10 vereadores, precisa de pelo menos quatro votos para instalar a CPI. Além dos três votos dos vereadores do PSDB, a oposição pretende conseguir o voto do vereador José Maria Menezes (DEM), que se elegeu na mesma coligação dos três tucanos.

José Maria já tentou convencer os demais vereadores a desistir da CPI por causa da influência política que recebe do presidente da Câmara, Cléber Júnior Carneiro (PT), segundo Pedro Baquit. “Nós não vamos desistir, não há como voltar atrás nesse assunto”, afirma Baquit.

O deputado estadual Osmar Baquit (PSDB) afirmou que vai apresentar em plenário da Assembleia Legislativa do Ceará a denúncia de suposto esquema de corrupção em Quixadá.


Fonte: G1



MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: