sábado, 2 de janeiro de 2010

Sangue nas ruas:
Ano começa violento no Sertão Central

*Matéria Extraída do site Revista Central

Nos dois primeiros dias do feriadão de ´Ano-Novo´ o plantão policial na maioria das cidades da região Centro do Estado foi movimentado. Além de muitas detenções, três mortes foram registradas nas últimas 48 horas. Em Quixadá, pouco antes da passagem de ano, o agricultor Antonio José Abreu Gomes, 33 anos, morreu eletrocutado. Ele estava dando carga na bateria de um Fusca quando recebeu a descarga elétrica. O acidente ocorreu na localidade de Riacho do Meio, a 16 Km do Centro da cidade.

Nas primeiras horas da madrugada, o agricultor Antonio Georgio da Silva Gomes foi executado com 13 facadas. O autor do homicídio foi o pescador Manoel Benedito Lopes. Logo após o crime ele se entregou à Polícia. Alegou ter agido em defesa da agricultora Carmem Lúcia Gomes Pereira, de 25 anos. Ela estava sendo esfaqueada pelo agricultor. O assassino afirmou que não conhecia o casal, mas ao ver o desespero da mulher, partiu para cima do agressor. O crime aconteceu no Centro do município de Banabuiú.

No início da manhã do primeiro dia do ano ainda ocorreu outro caso envolvendo mulher. O agricultor Cláudio Barbosa Barros, 34 anos, tentou matar sua ex-companheira, Marli Paulino Alves, 30, com um tiro de espingarda. O disparo, efetuado na presença do genitor da vítima, atingiu seu rosto. Ela foi transferida às pressas para o Intituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Pouco depois, Cláudio deu fim à própria vida, com um tiro da mesma arma, à altura do peito esquerdo. A tragédia aconteceu na localidade de Junco, distrito de Monte Castelo, na zona rural de Choró.

Outros dois homicídios foram registrados no Interior nas últimas horas. No Município de Caririaçu (a 466 Km de Fortaleza), no Sítio Xavier, o agricultor Francisco da Silva, 25, foi assassinado com golpes na cabeça. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o motivo foi uma discussão banal.

Em Forquilha (distante 213 Km de Fortaleza), o vigia Fábio Sousa de Carvalho, 32, foi morto a facadas após uma briga em um bar. Conforme a Polícia, o acusado do crime fugiu e ainda não foi localizado.


Com informação do Diario do Nordeste


MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: