terça-feira, 17 de novembro de 2009

Meio Ambiente:
Estudantes de Quixadá formam uma cooperativa de reciclagem de óleo

Por Fábio Oliveira do site Revista Central

Muitas vezes, as pessoas tem dificuldade de saber o que fazer com o óleo de cozinha usado. Ao juntar, à quem entregar? Qual destino ecologicamente correto? Em Quixadá, estudante dão o exemplo: eles montaram uma cooperativa para transformar óleo de cozinha em Biodiesel.

Em vez do ralo da pia, o balde de coleta. Toda semana, um restaurante acumula mais de 15 litros de óleo de cozinha. O destino agora? A reciclagem!
A coleta é feita por estudantes de escolas públicas de Quixadá, há 160 quilômetros de Fortaleza. Eles formam uma cooperativa de reciclagem de óleo de cozinha. Lá, o óleo passa pelo processo de refinamento. É filtrado, aquecido e depois filtrado novamente.

O óleo refinado é vendido para a indústria de biocombustível. O comprador é uma usina da Petrobrás instalada no município. A primeira venda foi de 2000 litros que rendeu à cooperativa R$ 2400.
A cooperativa de reciclagem de óleo de cozinha foi criada há menos de um ano e o trabalho inicial dos estudantes foi realizar uma campanha para incentivar a participação da comunidade. Hoje, eles tem dez pontos oficiais de coleta, como uma escola, que recebe as doações.

Os alunos trazem óleo e levam para casa uma mensagem de respeito ao meio ambiente. A cooperativa distribui panfletos e realiza palestras em sala de aula para falar da importância do reaproveitamento do óleo de cozinha. Por semana, são coletados 200 litros. Mas a meta da cooperativa é trabalhar com uma quantidade ainda maior.

Fonte: TV Verdes Mares


MAT�RIAS RELACIONADAS:

0 comentários: